Corte de bolsas de pesquisa do CNPq

A produção de conhecimento e tecnologia é hoje consensualmente vista no cenário mundial como um fator fundamental de crescimento social e econômico, além de fator de superação das profundas desigualdades nacionais. O apoio ao pesquisador, o qual é o principal responsável pelo desenvolvimento da ciência e tecnologia (C&T) em nosso país, torna-se imprescindível.

Atualmente, os investimentos na ciência no Brasil, que deveriam alcançar patamares compatíveis com o nível de qualidade alcançada nos últimos anos, têm sido objeto de seguidos cortes e contingenciamentos, os quais limitam o desenvolvimento de C&T no país. O Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) anunciou nesta quinta-feira (15/08/2019) que suspendeu um considerável número de bolsas para estudantes de graduação e pós-graduação devido ao corte orçamentário.

Tal medida representa o comprometimento das suas principais linhas de atuação, o cancelamento de bolsas de iniciação científica, mestrado e doutorado e a consequente descontinuidade de projetos de pesquisa. Desse modo, o Governo Federal compromete o desenvolvimento da educação em todos os níveis e os avanços da C&T, responsáveis pela produção do conhecimento em nosso país.

Considerando a importância da pesquisa para o desenvolvimento científico, tecnológico e social do Brasil e a notória relevância do CNPq, a Associação Brasileira de Psicologia Organizacional e do Trabalho (SBPOT) vem a público manifestar seu repúdio ao desmonte da C&T no país, agravado pelo corte de orçamento destinado ao CNPq.

Brasília, 17 de agosto de 2019.

A Diretoria (Gestão 2018-2020)

Associação Brasileira de Psicologia Organizacional e do Trabalho




Fonte: Associação Brasileira de Psicologia Organizacional e do Trabalho

× Whatsapp